PROMOVE MAIOR
Rei do Arroz maior

OU CRIA UMA COLETA DE LIXO NOTURNA OU A POPULAÇÃO SE ADEQUE À COLETA DE LIXO ATUAL… OU É O MOMENTO DE TERCEIRIZAR O SERVIÇO PÚBLICO?

LIXO

Jornalista Marco Evangelista/06 de setembro 2018

TVMont

Um grande impasse vem ocorrendo em Santos Dumont com relação à coleta de lixo urbano realizada nos horários vespertinos e matutinos. Há críticas quando à coleta é realizada durante o dia que trava o trânsito no centro da cidade, engarrafando ainda mais o tão confuso fluxo de veículos. Uma solução ainda não estudada pela administração pública seria a de realizar as coletas de lixo no período noturno, quando o trânsito da cidade fica esvaziado e, assim, não provocaria tantos transtornos durante o dia.

A terceirização da coleta de lixo urbano, prática adotada em grandes cidades do país,  poderia, também, ser uma saída altamente econômica para os cofres públicos, fomentando a inversão do que é despesa para LUCRO, além de melhorar a qualidade do trabalho de coleta de lixo e gerar empregos para o município.

A administração pública alega que “encharcar” uma folha salarial com pagamentos de adicionais noturnos não seria uma solução econômica inteligente neste período de crise nacional e, que, toda a população deveria se adequar à coleta que se pode oferecer à cidade, descartando o lixo somente nos horários determinados para a coleta diária e que já de conhecimento de todos. Mas, fala-se pouco sobre TERCEIRIZAÇÃO DO SETOR PÚBLICO e o problema vem se arrastando pode décadas em nossa cidade.

A única “limpeza urbana” que ainda circula pelas noites sandumonenses é realizada pelos Cães que circulam pela cidade em busca de comida. Eles rasgam as sacolas de lixo, comem o que lhes convém e deixa o resto espalhado pelas calçadas e ruas deixando uma aparência desagradável ao meio ambiente. O trabalho de limpeza do jantar canino fica por conta dos garis no dia seguinte que têm de juntar o lixo espalhado para coleta-lo à caçamba.

O discutível impasse parece que não emana uma luz harmônica entre: O QUE A POPULAÇÃO DESEJA E O QUE A PREFEITURA PODE OFERECER. Talvez, a própria natureza esteja forçando o que é óbvio: TERCEIRIZAR A COLETA DE LIXO URBANO, transformando o que é despesa em LUCRO!

Deixe um comentário